X

Regra de orientação pelo Sol. Está correta?

Caro professor Lang

Gostaria de saber se esta forma de orientação pelo Sol é mesmo válida: Estenda seu braço direito para o nascente solar e ele apontará para o leste, ou seu braço esquerdo para o local do poente, que é o oeste. O norte estará na sua frente e o sul atrás.

A minha dúvida deve-se a que eu noto em minha casa em Natal (RN) que as posições  do nascente e do poente mudam ao longo ano. Então este procedimento não me parece correto mas é assim que ensinamos para as crianças.

Agradeço de antemão a resposta.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

De fato a posição do nascente e do poente solar muda muito ao longo do ano. Esta mudança é cerca de 47° no equador e conforme se considere localidades mais afastadas do equador (latitudes absolutas maiores portanto), maior ela é.

É somente nos equinócios da primavera (setembro) e do outono (março) que o Sol nasce exatamente no leste e tem o poente no oeste. Aqui em Porto Alegre a posição do nascente muda cerca de 54° ao longo do ano, pois no solstício de inverno (junho) ela ocorre a 27° ao norte do leste e no solstício de verão (dezembro) a 27° ao sul do leste conforme a Figura 1 representa.

Existem diversos sites que informam a posição do nascente e poente solar (bem como outros tantos dados sobre a trajetória do Sol no sistema de referência da Terra) em qualquer localidade do planeta. Um deles é o Sunrise and Sunset Calculator do Time and date.

Portanto a regra – Estenda seu braço direito para o nascente solar e ele apontará para o leste, ou seu braço esquerdo para o local do poente, que é o oeste. O norte estará na sua frente e o sul atrás. – ensinada para crianças é uma forma grosseira e aproximada de orientação, tolerável nos primeiros anos do ensino fundamental, devendo ser aprimorada posteriormente com a descrição mais realista da trajetória do Sol no sistema de referência do local de interesse.

Vide outras postagens sobre o tema:

Mudança na posição do nascente do Sol!

Sobre a orientação solar das ruas de uma cidade. 

Astronomia: cálculo de sombras da luz solar

“Docendo discimus.” (Sêneca)


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *