X

Defeitos de visão: miopia e hipermetropia

Boa noite Professor Lang, nos livros de óptica sempre vemos que miopes enxergam mal de longe e hipermetropes mal de perto. Mas ao meu ver nunca é muito bem explicado o motivo disso acontecer, normalmente é simplesmente informado. Você poderia dar uma explicação do ponto de vista da física do porque acontece isso? Obrigada

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

É importante notar que a imagem real conjugada por uma lente convergente se afasta (se aproxima) da lente quando o objeto se aproxima (se afasta) da lente.

A miopia decorre de uma vergência da “lente do olho” maior do que a de um olho normal. Assim sendo, quando o objeto se encontra longe do olho, sua imagem é conjugada ANTES da retina. Ao aproximar o objeto do olho a imagem recua e para distâncias pequenas (menores do que aquelas possíveis para que um olho normal apresente visão distinta e nítida) a imagem se afasta o suficiente para ocorrer sobre a retina. Então o míope enxerga nitidamente. Conheci um funcionário do IF-UFRGS que, devido a sua miopia, lia sem óculos quando aproximava do olho o material escrito cerca de apenas 10 cm.

A hipermetropia   decorre de uma vergência da “lente do olho” menor do que a necessária para ter uma imagem sobre a retina. Assim sendo, quando o objeto se encontra perto do olho, sua imagem é conjugada DEPOIS da retina. Ao afastar o objeto do olho a imagem se aproxima da “lente do olho” e para distâncias grandes a imagem pode ocorrer sobre a retina, permitindo então uma boa visão.

Vide também

Poder de ampliação da gotícula de água x defeitos na visão

“Docendo discimus.” (Sêneca)

Acessos entre 27 de maio de 2013 e novembro de 2017: 974.


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *