X

Zoom faz a linha do horizonte recuar na mitológica Terra Plana?

Olá!

Muito se fala sobre a curvatura da Terra estabelecer um limite visual a aproximadamente 5Km de distância estando o observador a 2m de altura. Com o avanço da tecnologia e o advento de câmeras com zoom cada vez mais sofisticados, observamos e constatamos que a linha do horizonte acaba muito recuada, revelando embarcações completas, desde seu casco, que estavam ocultas a olho nu. Na observação por meio do uso desses equipamentos, há evidente ausência de curvatura. Aqui não me atenho a cálculos matemáticos, muito menos a abordagens filosóficas, mas apenas a informações observáveis, de maneira que gostaria de saber que tipo de experimento eu posso realizar, com respaldo científico, que me mostre [observacionalmente] a curvatura do planeta? Muito obrigado e aguardo uma resposta.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

1 – A resposta inicial ao perguntante terraplanista:

Conforme argumentam os terra-chatos, na TP o horizonte sempre está ao nível dos olhos do observador (a propósito lê a postagem Horizonte no nível dos olhos em qualquer altitude porque a Terra é plana! Será mesmo?). Portanto, decorre desta afirmação que em um mundo chato, o horizonte NUNCA pode recuar pois está muito distante (quiçá na borda do mundo chato).

Indica um registro, basta um, de um barco ou objeto inicialmente semi oculto ATRÁS do horizonte que é posteriormente observado na sua integralidade por se usar com algum instrumento óptico. Aproveita e indica também algum registro da observação do Sol após cruzar a linha do horizonte por intermédio de um instrumento óptico potente, do tipo de uma luneta ou telescópio (os meus colegas astrônomos que fazem observações solares ficariam muito satisfeitos em saber que poderiam observar o Sol durante a noite 🙂 ). Depois que fizeres isso, continuaremos a discussão.

Aproveita e lê a postagem e olha o vídeo que a acompanha: Pode um resultado negativo em um ”teste de curvatura” refutar o globo?

2 – Réplica do perguntante terraplanista:

Agradeço muito por sua resposta. Segue abaixo a referência para as qual gostaria de uma resposta científica e, principalmente, de uma sugestão para que eu possa levantar uma contraprova:

Horizonte recua quando o zoom é dado [já coloquei o vídeo no ponto certo]

LINHA DO HORIZONTE DESMONTA O GLOBO

Obs.: em caso de desconfiança de fraude nesse vídeo, peço a gentileza para que aponte as evidências da fraude. Como não fui eu quem gravou o vídeo, não posso garantir a idoneidade dele. Observe para onde vai a linha do horizonte depois do zoom máximo.

3 – Tréplica ao perguntante:

Possivelmente tens boas razões para desconfiar de fraudes nesse e em outros videozinhos desinformativos do canal do terra-chato. 🙂

No vídeo há a alegação de que foram feitas fotos de um barco distante e que conforme foi usado o zoom, parte do barco que antes estava oculta atrás da linha do horizonte pode ser vista e que o horizonte recuou.

Esta afirmação é inconsistente com um mundo plano pois, conforme já notei anteriormente, o horizonte sempre estaria a uma distância enorme, virtualmente na borda do mundo.

Aos 2min20s o terra-chato apresenta uma foto na beira de uma praia indicando um barco distante que ele alega somente enxergar apenas “a ponta de cima da vela” (figura 1).

Aos 2min38s uma nova foto (figura 2) é exibida, sendo afirmado que “via  a vela inteira mas o barco, a parte debaixo, o casco, eu não conseguia ver.” Alega a seguir que nesta foto a linha do horizonte encobre, está acima do casco do barco.
Aos 3min36s apresenta uma nova foto (figura3), obtida com mais zoom, quando então todo o barco é observado graças ao fato de que a linha do horizonte recuou. Ele vê também uma canoa ao lado do barco que, segundo alega, antes estava encoberta e a indica com uma seta vermelha.
A foto da figura 2 foi ampliada 12 vezes e recoratda a parte que mostra o barco (figura4). Observa-se nesta ampliação que: A) A linha do horizonte está, como na figura 3, atrás do barco e todo ele é visível.  B) A canoa próxima ao barco também é visível.
Para complementar a identificação da fraude a foto da figura 3 é apresentada juntamente com a ampliação constante da figura 4 (figura 5).

 Um instrumento óptico destinado à observação de objetos distantes apenas faz com que a luz proveniente do objeto seja desviada no instrumento de tal forma a obter uma imagem ampliada do objeto. Se um objeto está encoberto por qualquer obstáculo, a luz proveniente do objeto é barrada. Acreditar que um instrumento óptico possa “recuperar” a luz barrada (como os terra-chatos imaginam) revela total desconhecimento sobre como os instrumentos funcionam.

Mais uma vez fica evidente que na tentativa de sustentar a esdrúxula e anacrônica Terra Plana, fraudes são perpetradas e alegações que conflitam com todo o conhecimento científico necessitam ser feitas.

Como é usual, o terra-chato ao tentar demonstrar a ausência de curvatura com uma fraude, acabou por demonstrá-la como tantas outras vezes anteriormente já aconteceu. 🙂 😉

Aqui um excelente vídeo demonstrando que objetos além da linha do horizonte, por mais do que se aumente o zoom, permanecem sempre com a mesma  parte descoberta: Nikon P1000 TAMBÉM refuta a Terra plana.

“Docendo discimus.” (Sêneca)

 


15 comentários em “Zoom faz a linha do horizonte recuar na mitológica Terra Plana?

  1. Apenas minha opinião.. Terraplanistas dizem que um barco atrás do horizonte do mar pode voltar à visibilidade com o uso de um zoom, mas isto não é verdade. Uma vez atrás do mar curvo, o barco não vai mais aparecer com um aumento de imagem, seja ele qual for. Para ver o barco novamente é necessário que o observador ocupe uma posição mais elevada ou se aproxime do barco. Telescópios e zoom não fazem isso. Eles somente aumentam o tamanho aparente do objeto. Nenhum aumento de imagem mostra alguém distante que esteja atrás de um muro. É a mesma coisa.

    • Fernando Lang disse:

      Que os ignorantes possam ter dúvidas sobre tal possibilidade, eu até admito. Mas os terra-chatos que fazem os vídeos em circunstâncias semelhantes a esta da postagem estão vendo que nenhuma parte do barco aparece quando aumentam o zoom. Portanto estão agindo desonestamente, confiando que a horda de ignorantes que lhes dão visualizações engolirão a fraude. O autor do vídeo em pauta, ao ver a postagem em uma comunidade do FB, não negou a fraude mas simplesmente tentou desviar do tema.

  2. Adalberto Oliveira disse:

    Caro professor Fernando Lang
    Eu era terraplanista e graças ao Bruno Alves ter feito um vídeo tentando desqualificar esta postagem eu descobri seu site. Outras tantas postagens sobre Terra Plana aqui me levaram a abrir os olhos e estarei repassando as informações para amigos, inclusive para o pastor da igreja que frequento.
    Fique com Deus e continue nesta missão de esclarecimento.

    • Mauro Duarte disse:

      Se a Terra fosse plana, daria para ver o Cruzeiro do Sul de Miami.Quem conhece alguém em Mimai, pergunta se consegue ver o Cruzeiro do Sul
      .Se a terra fosse plana, o céu no Hemisfério Norte seria igual ao do Hemisfério Sul, e não é,
      Se a Terra fosse plana, daria para ver, com um telescópio, o Everest ou O Mont Blanc de Teresópolis, do Pico da Neblina, do Pico da bandeira, ou talvez até da Pedra da Gávea.

  3. Eduardo disse:

    Esses dogmáticos bolistas estão cada vez mais desesperados em tentar desmerecer os terra planistas.
    É muito, mas muito simples refutar a TERRA PLANA. Basta mostrar o registro de APENAS UM VOO QUE SAIA DA ARGENTINA/CHILE/BRASIL, ATRAVESSE A ANTÁRTICA E CHEGUE NA AUSTRÁLIA.
    APENAS UM.
    Nem precisa repetir a experiência.
    Não falo em voo comercial, mas um voo “científico” em LINHA RETA, NORTE/SUL.
    Isso JAMAIS irá ocorrer, pois não é possível cruzar a Antártica. O domo impede que tal façanha “científica” ocorra.
    Vamos lá, bolista. Um voo em linha reta saindo da nossa gloriosa América do Sul, cruzando a Antártica, tendo como destino a Austrália.
    Repito: LINHA RETA. Pegue a tua adora bola molhada e giratória e prove isso.
    A TERRA É PLANA!

  4. Bruno Carvalho disse:

    Tenho dois desafios para qualquer terraplanista. Se me provar os dois desafios, passo a acreditar que a Terra é plana.
    1- Todos os 7 bilhões de seres humanos só conseguem ver o mesmo lado da Lua. Como isso é possível se a Lua é uma esfera, não gira em torno dela mesma e a Terra é plana?
    2- Me mostre um vídeo de qualquer lugar da costa brasileira (alto de um prédio ou alto de uma montanha) por meio de um telescópio à escolha de vocês, que consiga mostrar qualquer parte da costa da África.

  5. Ander Rezende disse:

    Certa vez lancei um desafio. Três aviões, da mesma marca, modelo e ano de fabricação partem numa viagem ao redor do planeta. Os três partem no mesmo instante, na mesma velocidade e na direção oeste. Um deles terá que sobrevoar sobre a linha do equador e os outros dois sobre os trópicos de câncer e capricórnio. Hoje sabemos que os aviões que sobrevoarem os trópicos completarão a viagem antes do que voa sobre o equador. Isso porque a circunferência é bem maior na divisa dos hemisférios norte e sul que nos trópicos. Mas no modelo do LP, primeiro chegaria o avião câncer, depois o avião equador, e muito tempo depois o avião capricórnio pois na pizza essa é a maior circunferência. Só que isso não acontece.

  6. Luiz Carlos Freitas disse:

    Hipoteticamente falando, quantos metros de altura deve ter um edfīcio, construido na beiara da praia de Boa Viagem, Recife/PE, para com um potente telescópio eu enxergar a costa Africana?

  7. FERNANDO MOTTA disse:

    Professor Fenando Lang, gostei muito da forma como foi refutada a questão do zoom impossível após a linha do horizonte. Mas a minha questão com a terra plana realmente tem a ver muito mais com fé do que com razão, admito. Na verdade acho estranho que civilizações antigas com tecnologias mais avançadas do que a nossa acreditassem nesse modelo, não me refiro a igreja, mas todas as civilizações antigas. Vejo um movimento ateísta muito forte na ciência e creio ser este o principal motivo da volta de concepções antigas sobre a terra. Infelizmente a ciência não explica ou ignora fenômenos espirituais que uma parcela significativa da sociedade experimenta, e não me refiro a charlatanismo que tem muito. A cegueira da ciência para esses fatos faz com que ela perca a credibilidade e se torne pequena, se limitando ao mundo físico ou sensível aos cinco sentidos, mesmo que um ciência se arroje ter respostas, para pessoas que desfrutaram o mundo não visível onde vemos tecnologias que ainda não foram inventadas aqui, qualquer novidade cientifica não nos encanta mais. Quero realmente saber a verdade sobre o mundo físico e gostaria de propor uma vaquinha, eu mesmo gostaria de ajudar, onde levantaríamos um valor suficiente para o senhor fazer um experimento ultimo na Antártica. Dia 21/12/2021 teremos o solstício de verão no polo sul. Gostaria que o senhor gravasse pessoalmente a timelapse do sol da meia noite na Antárctica e disponibilizasse para quem quisesse ver sem edição alguma do vídeo. Eu mesmo gostaria de fazer esse vídeo mas infelizmente não tenho condições financeiras para isso, mas posso ajudar a contribuir para que outro possa. Quero acrescentar que a visão conspiracionista não tem nada a ver com a terra plana, segue de uma experiência pratica da existência de anjos entre nós, muitos deles caídos, que ocupam os mais elevados cargos governamentais. Quanto a isso não espero sua compreensão, espero inclusive toques do seu sarcasmo, que ao meu ver é muito interessante. Mas voltando ao assunto do experimento final, não que esse experimento vá acrescentar alguma coisa as suas convicções mas para nós fracos mortais e muitas vezes ignorantes das verdades cientificas fará muita diferença, já que o senhor é um grande refutador de mentiras. (já pesquisei na internet vídeos desse tipo e todos possuem edição, ou foram desmascarados por profissionais de edição.)

    • Fernando Lang disse:

      🙂 🙂 Muito bom este texto humorístico corroborando que “para que humoristas se temos terraplanistas!!” 😉

      Esta parte é muito engraçada e divertida e completamente desconectada da realidade como é o padrão dos terra-chatos: Na verdade acho estranho que civilizações antigas com tecnologias mais avançadas do que a nossa acreditassem nesse modelo, não me refiro a igreja, mas todas as civilizações antigas.

      Não se necessita ir à Antártida para refutar a MITOLÓGICA Terra Plana embora muita gente já foi lá, inclusive professores e alunos da nossa universidade: Centro Polar Climático.

      Um exemplo de que não há qualquer necessidade de se ir à Antártida para verificar quão estapafúrdia é a crendice sobre o Mundo Chato embaixo do Divino Penico Emborcado encontra-se em O solstício de verão na Terra Plana e no mundo real!

Deixe uma resposta para Mauro Duarte Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *