X

Colorimetria: o que é a saturação?

Compreendo o conceito de saturação quando se considera a cor-pigmento: por exemplo, quando se misturam matizes complementares tem-se um resultante neutralizado ou dessaturado. No entanto, não compreendo como se pensa a saturação no campo da cor-luz.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

O modelo colorimétrico HSL (hue – matiz; saturation – saturação;  lightness – luminosidade) as cores são identificadas por três parâmetros, onde um deles é a saturação: quanto mais saturada é uma cor, tanto menos cinza existe em sua composição.

Um exemplo sobre o significado da saturação em colorimetria está na Figura 1. Na direita de cada faixa encontram-se, por ordem de cima para baixo, as três cores fundamentais por adição do modelo colorimétrico RGB (red – vermelho; green – verdade; blue – azul).  Em cada faixa encontram-se as cores que resultam quando o parâmetro saturação é diminuído (tal foi feito no conhecido editor de imagens Paint).

Percebe-se que em cada uma das três faixas a cor cinza está aumentando conforme a saturação decresce, terminando cada faixa em cinza “médio”.

Na Figura 2 repete-se o mesmo procedimento para cada uma das três cores secundárias por adição: o amarelo (vermelho + verde), o ciano (verde + azul) e o magenta (azul + vermelho).

A Figura 3 apresenta quatro fotografias: a fotografia original foi processada no editor de imagens livre Paint Net v4.2.8, aumentando-se a saturação na foto b, e diminuindo-se a saturação nas fotos c e d.

Conforme se observa ao acrescer a saturação (foto b), as cores ficam mais “vivas”. A redução da saturação adiciona cinza à composição das cores, sendo que a mínima saturação na foto d a transforma em uma imagem em “preto e branco”.

Vide mais sobre cores em Cores.

_________________________

RÉPLICA DO PERGUNTANTE:

Caro Fernando, muito obrigado pela atenção!

Continuo, porém com a dúvida. Sua explicação toca no conceito de saturação do ponto de vista da cor-pigmento. Nesse caso, conforme citei em minha pergunta, não tenho dúvidas. O problema está na cor-luz: O que significa saturação na luz? Sei que a luminosidade é função da amplitude da onda e que o matiz se refere ao comprimento. Mas e a saturação? Pois que não existe luz cinza…
Mais uma vez, muito obrigado!

 

NOVA RESPOSTA AO PERGUNTANTE:

O conceito de saturação no modelo HSL é muito restrito e tem o significado explicitado na postagem. Sugiro leres as referências indicadas nos links da postagem.

As cores em geral, o cinza em particular, não existem fora da nossa sensibilidade. Cor não é uma propriedade objetiva da luz mas uma propriedade organoléptica ou psicofísica. Cor sempre diz respeito a como nós humanos “normais” (por exemplo os daltônicos percebem cores diferentemente dos “normais”) percebemos a luz que toca nossos sensores retinianos. Cor não pode ser confundida com a frequência da luz. A cor cinza é tão “real” quanto qualquer outra cor. Ela é uma cor extra espectral, isto é, não encontrada no espectro da luz branca, assim como o magenta, o marrom, o rosa, o verde-limão e tantas outras. Vide por exemplo

Cor de ondas luminosas refratadas.

Nem toda a cor está no espectro visível! Como pode ser isso?

“Docendo discimus.” (Sêneca)


2 comentários em “Colorimetria: o que é a saturação?

  1. Thiago Sievers disse:

    Muito boa a pergunta e eu tenho a mesmíssima dúvida, que, apesar de toda a boa vontade do professor, não foi solucionada, e certamente a falha está na minha incapacidade de compreender direito a explicação. Mas, talvez, expondo dessa maneira a questão possamos deixar a dúvida ainda mais clara: quando uma pessoa “normal” (como o próprio professor colocou), por exemplo, olha para uma camiseta cinza, quais são as frequências eletromagnéticas que estão chegando aos seus olhos? Obrigado antecipadamente.

    • Fernando Lang disse:

      Podes testar o que estás vendo como cinza em qualquer das figuras desta postagem, copiando a figura e a colando em um editor de imagens (por exemplo o Paint) e então com auxílio das ferramentas do editor, analisar o cinza de interesse. Se fizeres isso com qualquer um dos retângulos cinza no lado direito da Figura 1 ou 2, encontrarás que a luz que dali sai é vermelho, azul e verde. Aliás, com apenas essas três luzes se produz todas as cores que vês nesta postagem ou em qualquer tela de imagens de um computador, celular ou televisor.

      No caso dos retângulos cinzas considerados encontrarás vermelho 127, azul 127 e verde 127 (vide figura abaixo) O valor máximo possível para cada uma das três cores RGB é 255. Desta forma estás vendo naqueles retângulos o que se convencionou de chamar de “cinza médio”.

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *